• Home
  • Blog
  • Como desenvolver uma gestão remota eficiente?

Como desenvolver uma gestão remota eficiente?

Como desenvolver uma gestão remota eficiente?

Realizar uma boa gestão remota na iniciativa privada moteleira é uma tendência cada vez maior no mercado. Os gestores deste setor podem contar com várias tecnologias de base nesse método e com isso, gerenciar as equipes à distância é uma execução que vem se vigorando e recebendo diversos investimentos das organizações.

Apesar disso, para conquistar sucesso nesse nível, é essencial alcançar estratégias para trabalhar com os times de trabalho remotos. A tarefa é provocadora, mas com as opções certas, você pode gerar um clima oportuno para um bom aperfeiçoamento dos colaboradores e a otimização de projetos de alta qualidade e produtividade.

Continue lendo o post para conhecer as técnicas de desenvolvimento desse método nos motéis!

Quais são as dicas para ter uma boa gestão remota?

Gerenciar motéis é algo que possui variadas características, sendo fundamental que você tenha estratégias diversificadas para lidar com a equipe. Vejamos:

Delegar bem as tarefas na equipe

Existem dois fatores importantes para o sucesso do fluxo de trabalho e produtividade de uma equipe remota. O primeiro refere-se às ferramentas colaborativas, enquanto o segundo é o fator humano.

Para manter uma equipe de alta performance trabalhando remotamente, é preciso distribuir as funções entre os colaboradores conforme suas habilidades e competências individuais. Além disso, é essencial evitar sobreposições e redundâncias nas funções.

Incentivar o microgerenciamento

Para gerenciar equipes remotas é necessário pensar em resultados, apostando no microgerenciamento, ou seja, dar autonomia para as tarefas dos colaboradores. Dessa forma, cada um tem a liberdade para fazer sua rotina.

O que deve ser avaliado é o resultado em um determinado período de trabalho no setor moteleiro. Vale ser claro quando for o momento de definir as metas e lembrar da responsabilidade dos profissionais para alcançá-las.

Incentivar a transparência dos funcionários

Um dos maiores riscos no trabalho remoto, principalmente no motel como único empreendimento, é a perda da transparência. Isso muitas vezes acontece devido à combinação de mais liberdade com menos comunicação entre os membros e o gestor da equipe.

Para evitar esse risco, uma boa medida é manter manuais e guias de como as coisas devem ser feitas. Assim, não importam quais são as dúvidas que os colaboradores possam ter, eles encontrarão uma resposta oficial sobre o procedimento adequado.

Outra medida interessante é solicitar que cada colaborador documente seu próprio trabalho. Dessa forma, você, como gestor, terá updates regulares não apenas sobre os resultados, mas também sobre como o trabalho está sendo conduzido. Esses registros podem evitar surpresas desagradáveis, como reclamações de clientes, mais à frente.

Acompanhar as entregas

Por meio do auxílio dos exercícios e os trabalhos do constante feedback, o gestor se preserva junto dos funcionários e apoia cada um deles — quer na agência física ou remotamente — com a intenção de orientá-los para que sejam capazes de ter um ótimo ritmo de trabalho, interagir com os companheiros e realizar as entregas dentro do prazo definido, com o atributo desejado. A verdade é que manter uma equipe produtiva à distância é perfeitamente possível.

Utilizar a tecnologia para facilitar a comunicação

Avaliando o perfil da sua equipe moteleira, das tarefas desenvolvidas e da tecnologia disponível dentro da empresa, defina quais serão as suas plataformas de comunicação.

É ideal ter elencadas as mais estáveis (para evitar a perda de contato) e ágeis. Tome somente cuidado para não abrir muito o leque, pois fica difícil fazer um atendimento remoto a todos se cada um utilizar uma ferramenta diferente.

Em resumo, lembre-se também que, com a gestão remota, os colaboradores podem se sentir invisíveis caso os gestores de motel como único empreendimento, não saibam administrar essa estratégia e as ações e esforços deles não forem percebidos.

Portanto, possibilite que as dificuldades deles também sejam reconhecidas diante de toda a organização para que estejam a todo tempo engajados em se entregar mais e criar uma concorrência saudável.

Gostou do post? Aproveite e receba agora um e-book sobre gestão de motel!

Rômulo Simões

Formado em Sistemas de Informação pela Faculdade Doctum/ES. Atuou, desde 1997, no desenvolvimento de softwares para diversos segmentos. Em 1999 fundou a Microtecs Sistemas, onde atualmente dedica-se a gestão da empresa, buscando levar aos clientes os melhores produtos e serviços para o segmento moteleiro.
  • Temos parceria com o Sismotel desde 2017. Em 2019 trocamos o sistema de automação por Smart-IN G2, onde cada módulo sustenta 4 suítes. É viável pois temos economia de energia e se houver algum problema na automação ficamos apenas com 4 suítes sem controle de energia e as demais com controle total. Sem automação ficamos a mercê da ação humana e impossível de controlar o consumo de energia.

    Elisa Tereza Sartori, gerente do Motel Eros/MT

  • Meu amigo Romulo, acho que já elogiei, mas gostaria mais uma vez de elogiar vc e sua equipe, sei que é obrigação de uma boa empresa prestar um bom serviço, mais isso tenho vivenciado na MICROTECS, conseguimos ficar tranquilo com relação a nossas demandas, independente de ser demanda ou solução de problemas.

    Rodrigo Parente, proprietário do Motel UP/CE

  • …implantamos a automação de energia nas suítes, e evoluímos para a plataforma online através do Analytics, tenho as informações em um clique em tempo real. Acho que o Sismotel possui a mesma cultura do nosso grupo, uma empresa com espírito de mudança continua, que evolui a cada dia.

    Daniel Dantas, proprietário dos Motéis Matury e Cajueiro/BA

  • Por meio da implementação da ferramenta, há muito mais facilidade em gerenciar o controle de estoque e o fluxo de caixa, justamente pela ampla disponibilidade de relatórios que o sistema emite.

    Roberto Perezini, CEO do Kalú Motel, Ubá/MG

  • “Vender não é fácil, mas se vende” agora o diferencial é o pós venda e o suporte após a venda. Nesse quesito a Microtecs está de parabéns!

    Flávia Regina, proprietária do Vip’s Motel – Formosa/GO

  • Os resultados com economia de energia giram em torno de 25 a 30% ou mais. Já em relação a segurança antifraudes, ai sim os resultados foram bem expressivos, acima dos 60%, eu Claudiomir, digo que passa dos 70%, hoje nem penso em ficar sem esta Automação e muito menos sem o sistema , fora de cogitação, os resultados realmente foram bem satisfatórios, grau de satisfação 100%.

    Claudiomar, gerente do Yes Motel/ES

  • Ficamos tão satisfeitos que logo implantamos o Sismotel e automação em todos os 5 motéis. Hoje na palma da mão temos todo nosso controle e a Microtecs com profissionais capacitados e um suporte excelente.

    Douglas Maciel Azevedo, gerente da Rede Tropical de Motéis/RJ

  • Sismotel tem um ponto essencial que faz toda diferença em qualquer parceria entre empresas: A comunicação com eles é algo de muita excelência, realmente excepcional.

    Railson Lacerda, supervisor dos Motéis Dallas/DF e Palace/GO

  • …atendeu todas as nossas necessidades levando um sistema inviolável e seguro além de trazer uma economia em todos os aspectos gerenciais do Motel, desenvolveu um sistema de gerenciamento de energia dentro das Suites proporcionando uma economia de mais de 30% na conta de Energia… Obrigado pela parceria e desejo que continuem com a mesma dedicação de sempre!

    Attila Miranda Barbosa, proprietário do Recanto Motel/ES

  • A Microtecs com o Sismotel, é uma ferramenta indispensável para a gestão Moteleira, trazendo agilidade e economia.
    Há uma interação dos gestores com colaboradores através do sistema com informações primordiais em tempo real.

    Junior Grecco, proprietário do Motel Fly / ES

Quero enviar um depoimento