• Home
  • Blog
  • Qual o impacto da LGPD no setor moteleiro?

Qual o impacto da LGPD no setor moteleiro?

Qual o impacto da LGPD no setor moteleiro

Com o aumento do uso das plataformas digitais e dos dados disponíveis online pelas empresas, diversos países ao redor do mundo se viram diante de uma nova realidade, para a qual ainda não existia legislação. Assim, foram criadas leis para regulamentar o uso de dados e informações por parte das empresas, sendo que a legislação brasileira é a LGPD.

Essa é a sigla para Lei Geral de Proteção de Dados. Ela entrou em vigor no segundo semestre de 2020 e regulamenta a coleta, o uso e a análise de dados pessoais por parte das empresas. Com a entrada dessa legislação, diversas empresas precisaram se adaptar e o setor moteleiro não fica de fora dessa exigência.

Quer saber qual o impacto da LGPD no setor moteleiro e como se adaptar? Continue a leitura e descubra!

Entenda quais são os dados de atenção

Em primeiro lugar, é importante entender que o seu motel lida com diversos tipos de dados sensíveis. Há informações, por exemplo, a respeito de fornecedores e contas do estabelecimento. Também, há informações sobre funcionários e registro de clientes. Por fim, vale destacar que o motel também tem acesso a dados livres, por meio das suas redes sociais e análises estatísticas.

Assim, é importante que você entenda quais são os dados regulamentados pela LGPD. A lei se refere a informações pessoais de pessoas físicas, ou seja, seus clientes e funcionários. Contudo, apesar de não incluir os outros dados, todos devem ser tratados com o mesmo cuidado, para garantir a segurança da informação no seu estabelecimento.

Valorize a transparência

Um dos principais impactos da LGPD, tanto nos motéis quanto em outras empresas, é o fato de que, agora, a transparência em relação ao uso dos dados pessoais é uma exigência legal. Ou seja, um conceito que já era visto como uma boa prática é, agora, uma norma para todos os estabelecimentos.

Isso significa que você deve deixar clara a função da coleta de dados em relação aos seus clientes. Se você registra nome e informações pessoais de todas as pessoas que entram no seu motel, por exemplo, agora é exigido que você deixe claro o porquê do registro e o tipo de análise que será feita a partir disso. Portanto, para se adequar, revise os processos e deixe tudo claro para clientes e demais stakeholders do motel.

Peça autorização

Outra exigência da LGPD que impacta o setor moteleiro é a necessidade de autorização das pessoas na hora de fornecer os seus dados pessoais. Isso porque, muitas vezes, os clientes forneciam dados sem saber para que eram usados e, até mesmo, que tipo de informação era coletada e onde seria armazenada. A partir de agora, além de deixar isso claro, também é necessário que o cliente efetivamente autorize a coleta.

Portanto, crie um novo processo de registro de clientes e potenciais clientes para o seu motel. Inclua um momento no qual você explica o porquê da coleta de dados e pede a autorização. Além disso, vale destacar que o cliente deve ter consciência que pode solicitar o apagamento dos dados sempre que quiser, sendo livre para tomar essa decisão.

Contabilidade básica para motéis

Como você pôde perceber, os impactos da LGPD chegaram até o setor moteleiro, exigindo que você entenda mais sobre essa legislação e se adapte a ela. Aproveite as nossas dicas e comece, agora mesmo, a fazer as mudanças necessárias para cuidar dos dados dos seus clientes!

Gostou do artigo? Então, aproveite para seguir a Sismotel nas redes sociais. Estamos cheios de novidades no Facebook, no Twitter, no YouTube, no Instagram e no LinkedIn!

Rômulo Simões

Formado em Sistemas de Informação pela Faculdade Doctum/ES. Atuou, desde 1997, no desenvolvimento de softwares para diversos segmentos. Em 1999 fundou a Microtecs Sistemas, onde atualmente dedica-se a gestão da empresa, buscando levar aos clientes os melhores produtos e serviços para o segmento moteleiro.
  • …implantamos a automação de energia nas suítes, e evoluímos para a plataforma online através do Analytics, tenho as informações em um clique em tempo real. Acho que o Sismotel possui a mesma cultura do nosso grupo, uma empresa com espírito de mudança continua, que evolui a cada dia.

    Daniel Dantas, proprietário dos Motéis Matury e Cajueiro/BA

  • “Vender não é fácil, mas se vende” agora o diferencial é o pós venda e o suporte após a venda. Nesse quesito a Microtecs está de parabéns!

    Flávia Regina, proprietária do Vip’s Motel – Formosa/GO

  • A Microtecs com o Sismotel, é uma ferramenta indispensável para a gestão Moteleira, trazendo agilidade e economia.
    Há uma interação dos gestores com colaboradores através do sistema com informações primordiais em tempo real.

    Junior Grecco, proprietário do Motel Fly / ES

  • Ficamos tão satisfeitos que logo implantamos o Sismotel e automação em todos os 5 motéis. Hoje na palma da mão temos todo nosso controle e a Microtecs com profissionais capacitados e um suporte excelente.

    Douglas Maciel Azevedo, gerente da Rede Tropical de Motéis/RJ

  • Por meio da implementação da ferramenta, há muito mais facilidade em gerenciar o controle de estoque e o fluxo de caixa, justamente pela ampla disponibilidade de relatórios que o sistema emite.

    Roberto Perezini, CEO do Kalú Motel, Ubá/MG

  • Sismotel tem um ponto essencial que faz toda diferença em qualquer parceria entre empresas: A comunicação com eles é algo de muita excelência, realmente excepcional.

    Railson Lacerda, supervisor dos Motéis Dallas/DF e Palace/GO

  • Meu amigo Romulo, acho que já elogiei, mas gostaria mais uma vez de elogiar vc e sua equipe, sei que é obrigação de uma boa empresa prestar um bom serviço, mais isso tenho vivenciado na MICROTECS, conseguimos ficar tranquilo com relação a nossas demandas, independente de ser demanda ou solução de problemas.

    Rodrigo Parente, proprietário do Motel UP/CE

  • …atendeu todas as nossas necessidades levando um sistema inviolável e seguro além de trazer uma economia em todos os aspectos gerenciais do Motel, desenvolveu um sistema de gerenciamento de energia dentro das Suites proporcionando uma economia de mais de 30% na conta de Energia… Obrigado pela parceria e desejo que continuem com a mesma dedicação de sempre!

    Attila Miranda Barbosa, proprietário do Recanto Motel/ES

  • Os resultados com economia de energia giram em torno de 25 a 30% ou mais. Já em relação a segurança antifraudes, ai sim os resultados foram bem expressivos, acima dos 60%, eu Claudiomir, digo que passa dos 70%, hoje nem penso em ficar sem esta Automação e muito menos sem o sistema , fora de cogitação, os resultados realmente foram bem satisfatórios, grau de satisfação 100%.

    Claudiomar, gerente do Yes Motel/ES

  • Temos parceria com o Sismotel desde 2017. Em 2019 trocamos o sistema de automação por Smart-IN G2, onde cada módulo sustenta 4 suítes. É viável pois temos economia de energia e se houver algum problema na automação ficamos apenas com 4 suítes sem controle de energia e as demais com controle total. Sem automação ficamos a mercê da ação humana e impossível de controlar o consumo de energia.

    Elisa Tereza Sartori, gerente do Motel Eros/MT

Quero enviar um depoimento