• Home
  • Blog
  • Entenda agora mesmo o que é trabalho intermitente!

Entenda agora mesmo o que é trabalho intermitente!

Entenda agora mesmo o que é trabalho intermitente!

A Reforma Trabalhista inovou muitos pontos da relação entre empresas e trabalhadores. Com o objetivo de acelerar as contratações, aquecendo a economia, a modalidade intermitente é uma novidade que já está mostrando as caras.

Somente de janeiro a março de 2018, foram abertos 8 mil postos de trabalho nesse modelo, principalmente em escolas, consultórios, empresas de engenharia, restaurantes, motéis, lanchonetes etc.

Apesar de já estar vigorando, muita gente ainda tem dúvidas sobre o assunto. Pensando em auxiliá-lo, vamos mostrar, neste post, o que é trabalho intermitente e como ele funciona na prática. Quer ficar por dentro? Então continue conosco!

Aprenda o que é o trabalho intermitente

Sendo um ponto da lei da Reforma Trabalhista de 2017, o trabalho intermitente é uma modalidade em que o colaborador não precisa cumprir uma carga horária determinada diariamente, comparecendo apenas quando for chamado.

Assim, o funcionário desempenha atividades esporádicas, de acordo com a demanda do negócio, tendo intervalos de inatividade. Dessa maneira, as empresas podem adequar a remuneração tendo como base as horas trabalhadas.

Trata-se de um modelo que está totalmente sintonizado com as novas tendências do mercado, cumprindo a flexibilidade necessária.

Veja como funciona a modalidade

Ao contrário da antiga lei trabalhista, agora não existe um mínimo de horas para ser cumpridas pelos empregados. Antes, a menor prevista era de 30 horas semanais.

Com isso, o contrato de trabalho intermitente possibilita que o funcionário atue duas, quatro ou oito horas semanais, enfim, será chamado apenas quando houver necessidade.

O trabalho intermitente é ideal para restaurantes no fim de semana, para motéis em dias de grande movimento, como feriados, entre inúmeros outros exemplos.

O empregador necessita apenas de cumprir a regra de não ultrapassar os limites máximos de 44 horas por semana ou 220 horas por mês.

Entenda como é a rotina do trabalho intermitente

A legislação do trabalho intermitente diz que os contratados devem ficar à disposição da empresa para poderem comparecer quando forem convocados.

No entanto, o comunicado sobre a data e a hora da atividade deve ser divulgado com três dias de antecedência, com o objetivo de colaborar com a organização pessoal do trabalhador.

Dessa forma, o contratado assume o posto segundo o tempo pré-determinado descrito no contrato. A convocação deve ser feita a partir de um meio de comunicação, como aplicativos, telefone, messenger, entre outros.

Caso descumpra a palavra, o colaborador poderá arcar com uma multa de 50% em relação ao valor da remuneração referente a um mês.

Conheça as regras do modelo de contratação

O valor da hora trabalhada nessa modalidade deve ser compatível com o dos demais colaboradores da empresa que exercem a mesma atividade. Assim, um recepcionista intermitente deve ganhar o mesmo que um fixo.

O pagamento deve acontecer no final de cada jornada, composto pela remuneração do período acrescido de férias proporcionais + valor de repouso remunerado + proporcional do 13º salário e adicionais legais, como hora extra.

Quem atua como trabalhador intermitente também tem direito ao depósito do FGTS e Previdência. Após um ano de contrato, ainda é de direito do colaborador férias de 30 dias.

Entenda as vantagens do trabalho intermitente

Ao ficar por dentro do que é trabalho intermitente, você já percebe algumas vantagens, como a liberdade para o profissional atuar em vários locais.

No caso das empresas, existe mais flexibilidade e contratações de acordo com as demandas, evitando perdas de produtividade, ou seja, a gestão fica mais ágil, com uma considerável redução nos custos. Assim, ambas as partes saem ganhando, com um considerável aquecimento da economia.

E aí, gostou do nosso post? Quer ajudar outras pessoas a entender sobre o que é trabalho intermitente? Então compartilhe este conteúdo em suas redes sociais!

Rômulo Simões

Formado em Sistemas de Informação pela Faculdade Doctum/ES. Atuou, desde 1997, no desenvolvimento de softwares para diversos segmentos. Em 1999 fundou a Microtecs Sistemas, onde atualmente dedica-se a gestão da empresa, buscando levar aos clientes os melhores produtos e serviços para o segmento moteleiro.
  • Meu amigo Romulo, acho que já elogiei, mas gostaria mais uma vez de elogiar vc e sua equipe, sei que é obrigação de uma boa empresa prestar um bom serviço, mais isso tenho vivenciado na MICROTECS, conseguimos ficar tranquilo com relação a nossas demandas, independente de ser demanda ou solução de problemas.

    Rodrigo Parente, proprietário do Motel UP/CE

  • “Vender não é fácil, mas se vende” agora o diferencial é o pós venda e o suporte após a venda. Nesse quesito a Microtecs está de parabéns!

    Flávia Regina, proprietária do Vip’s Motel – Formosa/GO

  • Ficamos tão satisfeitos que logo implantamos o Sismotel e automação em todos os 5 motéis. Hoje na palma da mão temos todo nosso controle e a Microtecs com profissionais capacitados e um suporte excelente.

    Douglas Maciel Azevedo, gerente da Rede Tropical de Motéis/RJ

  • Temos parceria com o Sismotel desde 2017. Em 2019 trocamos o sistema de automação por Smart-IN G2, onde cada módulo sustenta 4 suítes. É viável pois temos economia de energia e se houver algum problema na automação ficamos apenas com 4 suítes sem controle de energia e as demais com controle total. Sem automação ficamos a mercê da ação humana e impossível de controlar o consumo de energia.

    Elisa Tereza Sartori, gerente do Motel Eros/MT

  • A Microtecs com o Sismotel, é uma ferramenta indispensável para a gestão Moteleira, trazendo agilidade e economia.
    Há uma interação dos gestores com colaboradores através do sistema com informações primordiais em tempo real.

    Junior Grecco, proprietário do Motel Fly / ES

  • …atendeu todas as nossas necessidades levando um sistema inviolável e seguro além de trazer uma economia em todos os aspectos gerenciais do Motel, desenvolveu um sistema de gerenciamento de energia dentro das Suites proporcionando uma economia de mais de 30% na conta de Energia… Obrigado pela parceria e desejo que continuem com a mesma dedicação de sempre!

    Attila Miranda Barbosa, proprietário do Recanto Motel/ES

  • Por meio da implementação da ferramenta, há muito mais facilidade em gerenciar o controle de estoque e o fluxo de caixa, justamente pela ampla disponibilidade de relatórios que o sistema emite.

    Roberto Perezini, CEO do Kalú Motel, Ubá/MG

  • …implantamos a automação de energia nas suítes, e evoluímos para a plataforma online através do Analytics, tenho as informações em um clique em tempo real. Acho que o Sismotel possui a mesma cultura do nosso grupo, uma empresa com espírito de mudança continua, que evolui a cada dia.

    Daniel Dantas, proprietário dos Motéis Matury e Cajueiro/BA

  • Os resultados com economia de energia giram em torno de 25 a 30% ou mais. Já em relação a segurança antifraudes, ai sim os resultados foram bem expressivos, acima dos 60%, eu Claudiomir, digo que passa dos 70%, hoje nem penso em ficar sem esta Automação e muito menos sem o sistema , fora de cogitação, os resultados realmente foram bem satisfatórios, grau de satisfação 100%.

    Claudiomar, gerente do Yes Motel/ES

  • Sismotel tem um ponto essencial que faz toda diferença em qualquer parceria entre empresas: A comunicação com eles é algo de muita excelência, realmente excepcional.

    Railson Lacerda, supervisor dos Motéis Dallas/DF e Palace/GO

Quero enviar um depoimento