• Home
  • Blog
  • Confira 2 modalidades de financiamento para capital de giro para pequenos negócios

Confira 2 modalidades de financiamento para capital de giro para pequenos negócios

O financiamento para capital de giro é uma espécie de financiamento de curto prazo que, muitas vezes, é destinado a sanar necessidades de uma empresa, como pagar dívidas, aplicar em recursos para crescimento e expansão ou até mesmo para se preparar para uma possível emergência.

É muito comum que esse tipo de transação seja realizada no setor de motelaria, já que é uma área que, dependendo da região e do porte, depende de fatores como sazonalidade para garantir capital de giro o suficiente para cobrir as despesas dos meses mais fracos.

Seja qual for o motivo que trouxe você até este artigo, nele mostraremos as 3 principais modalidades de financiamento para capital de giro disponíveis no mercado. Acompanhe a leitura para saber mais!

1. Linhas de crédito

Se a intenção é fazer um financiamento para ampliar a capacidade produtiva, isto é, expandir os negócios, existem linhas de crédito como o BNDES e os Fundos Constitucionais. Eles contam com taxas de juros reduzidas e tendem a ser mais vantajosas que as modalidades oferecidas pelas instituições financeiras convencionais.

O fato é que, se o motel passa por problemas financeiros em relação ao seu fluxo de caixa, as linhas de crédito mais indicadas são as de capital de giro, pois permitem a antecipação de recebíveis e garantia de que os recursos cairão na conta. Além delas, há também o Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado (PNMPO). Ainda, para empresas que querem crescer ou se modernizar, há o Programa de Geração de Emprego e Renda (PROGER).

2. Badesc

Ligada ao BNDES, a Badesc é uma ótima opção para empresas privadas que necessitam de linhas de crédito, pois além de de apoiar o desenvolvimento de projetos e ampliação de negócios (dos mais variados setores), a iniciativa ajuda a financiar por meio do Programa Operacional de Desenvolvimento dos Municípios e do Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Empresarial, também conhecido como Fadesc.

3. Microcrédito

O microcrédito é caracterizado como uma forma de combater a pobreza. A iniciativa foi elaborada por Muhammad Yunus, na década de 1970. O banqueiro e economista visava estimular o empreendedorismo entre o público com pouco poder aquisitivo, ou seja, sem acesso a créditos em grandes instituições bancárias.

A alternativa — destinada a empreendedores formais ou informais, pessoa física ou jurídicas — consiste em um programa social de empréstimo contemplado pelo Governo Federal, por meio do Programa nacional de Microcrédito Produtivo Orientado (PNMPO). Em outras palavras, é uma forma de financiamento de capital de giro para quem não pode oferecer garantias reais a uma financeira e/ou não tem faturamento anual o suficiente para isso (até R$120 mil).

Antes de concluirmos, vale mencionar alguns critérios que você pode utilizar na hora de determinar qual a melhor opção para sustentar o capital de giro de seu motel. Entre eles, podemos citar:

  • valor do financiamento — quanto a instituição concederá de crédito para o capital de giro a você;
  • preços e taxas — o percentual de juros, taxas e custos que você pode esperar de cada credor;
  • velocidade para financiamento — é a agilidade para que o crédito do financiamento seja concedido;
  • qualificações mínimas — questões relacionadas aos critérios de avaliação para que seu motel seja aprovado;
  • termos de reembolso — o tempo que o credor fornecerá para que o valor do financiamento seja pago e o cronograma de reembolso.

Como você pôde conferir, existem diversas alternativas de financiamento para capital de giro disponíveis no mercado, caso seu motel passe por dificuldades financeiras ou você queira expandir as operações e modernizar o empreendimento.

Gostou das informações que abordamos neste conteúdo? Então, não deixe de conferir também o nosso artigo sobre as principais tendências para o mercado moteleiro!

Rômulo Simões

Formado em Sistemas de Informação pela Faculdade Doctum/ES. Atuou, desde 1997, no desenvolvimento de softwares para diversos segmentos. Em 1999 fundou a Microtecs Sistemas, onde atualmente dedica-se a gestão da empresa, buscando levar aos clientes os melhores produtos e serviços para o segmento moteleiro.
  • …implantamos a automação de energia nas suítes, e evoluímos para a plataforma online através do Analytics, tenho as informações em um clique em tempo real. Acho que o Sismotel possui a mesma cultura do nosso grupo, uma empresa com espírito de mudança continua, que evolui a cada dia.

    Daniel Dantas, proprietário dos Motéis Matury e Cajueiro/BA

  • A Microtecs com o Sismotel, é uma ferramenta indispensável para a gestão Moteleira, trazendo agilidade e economia.
    Há uma interação dos gestores com colaboradores através do sistema com informações primordiais em tempo real.

    Junior Grecco, proprietário do Motel Fly / ES

  • Meu amigo Romulo, acho que já elogiei, mas gostaria mais uma vez de elogiar vc e sua equipe, sei que é obrigação de uma boa empresa prestar um bom serviço, mais isso tenho vivenciado na MICROTECS, conseguimos ficar tranquilo com relação a nossas demandas, independente de ser demanda ou solução de problemas.

    Rodrigo Parente, proprietário do Motel UP/CE

  • …atendeu todas as nossas necessidades levando um sistema inviolável e seguro além de trazer uma economia em todos os aspectos gerenciais do Motel, desenvolveu um sistema de gerenciamento de energia dentro das Suites proporcionando uma economia de mais de 30% na conta de Energia… Obrigado pela parceria e desejo que continuem com a mesma dedicação de sempre!

    Attila Miranda Barbosa, proprietário do Recanto Motel/ES

  • Temos parceria com o Sismotel desde 2017. Em 2019 trocamos o sistema de automação por Smart-IN G2, onde cada módulo sustenta 4 suítes. É viável pois temos economia de energia e se houver algum problema na automação ficamos apenas com 4 suítes sem controle de energia e as demais com controle total. Sem automação ficamos a mercê da ação humana e impossível de controlar o consumo de energia.

    Elisa Tereza Sartori, gerente do Motel Eros/MT

  • “Vender não é fácil, mas se vende” agora o diferencial é o pós venda e o suporte após a venda. Nesse quesito a Microtecs está de parabéns!

    Flávia Regina, proprietária do Vip’s Motel – Formosa/GO

  • Sismotel tem um ponto essencial que faz toda diferença em qualquer parceria entre empresas: A comunicação com eles é algo de muita excelência, realmente excepcional.

    Railson Lacerda, supervisor dos Motéis Dallas/DF e Palace/GO

  • Por meio da implementação da ferramenta, há muito mais facilidade em gerenciar o controle de estoque e o fluxo de caixa, justamente pela ampla disponibilidade de relatórios que o sistema emite.

    Roberto Perezini, CEO do Kalú Motel, Ubá/MG

  • Os resultados com economia de energia giram em torno de 25 a 30% ou mais. Já em relação a segurança antifraudes, ai sim os resultados foram bem expressivos, acima dos 60%, eu Claudiomir, digo que passa dos 70%, hoje nem penso em ficar sem esta Automação e muito menos sem o sistema , fora de cogitação, os resultados realmente foram bem satisfatórios, grau de satisfação 100%.

    Claudiomar, gerente do Yes Motel/ES

  • Ficamos tão satisfeitos que logo implantamos o Sismotel e automação em todos os 5 motéis. Hoje na palma da mão temos todo nosso controle e a Microtecs com profissionais capacitados e um suporte excelente.

    Douglas Maciel Azevedo, gerente da Rede Tropical de Motéis/RJ

Quero enviar um depoimento